segunda-feira, 20 de abril de 2009

Quer comprar? É só começar!



A stylist Rachel Zoe em seu ótimo livro Style - A to Zoe dá dicas bacanérrimas de como ir às compras. Vale muito a pena escutar o que Rachel ( há! super íntima) tem a dizer. A primeira dica dela é fazer uma lista. Como aluna aplicada que sou, tentarei seguir seus passos e explicar tudo para vocês em tópicos.

1) Faça uma lista de tudo o que está faltando em seu guarda-roupa (ou closet, para os mais chiques) e de tudo que precisa de companhia. Aquele vestido solitário que você usa pouco porque não tem uma opção boa o bastante de bolsa e sapato, por exemplo. Não se esqueça também de anotar tudo o que precisa de conserto. Aquela calça jeans que está larga porque você emagreceu demais ou aquela saia que está grande porque você está sem vergonha demais. Tudo vale a pena se a alma (e a conta bancária) não é pequena.

2) Na hora de comprar uma calça jeans, experimente. Experimente e experimente de novo. Nada de pensar que vai emagrecer os quilinhos que a calça está marcando. Essa dica vale também para todas as outras roupas: vestidos, saias, blusas e por aí vai.

3) Compre algo porque você amou, porque você precisa e porque você COM CERTEZA irá usar.

4) Pesquise antes de comprar. Vá a lojas, faça as vendedoras rodarem bastante (ops! foi mal gatas) para saber o que há disponível no mercado que mais se adapta a você e ao seu estilo de vida.

5) Fique amiga das vendedoras. Isso mesmo. Você saberá em primeira mão das novidades, de tudo que veste melhor na loja, do que nem adianta experimentar porque não fica bem. De quebra ainda ganha um atendimento de primeira. Porque cliente chata ganha atendimento chato. Antes de reclamar que está sendo mal atendida, pense se não é você que está sendo antipática demais.

6) Nada de torcer o nariz para roupas baratas demais ou caras demais. O segredo é saber misturar um vestido C&A com uma bolsa Gucci. Se a peça é cara ela tem suas razões, se é barata também. Pese os prós e contras e se jogue!

7) Vintage é legal. Não procure apenas em brechós. Os armários das tias, vovós e quem mais estiver ao seu alcance pode ser uma boa fonte para dar um up no wardrobe.

Bom, é isso aí. Rachel Zoe também é cultura.

5 comentários:

Paula Ferrary disse...

Adorei a dica.
Vou já procurar para minha fashion library!

Pepa Xavier disse...

Concordo com tudo.

Meinya disse...

Comecei a fazer isso já... só que eu adiciono algumas fotinhas que encontro na net de roupas que necessito ter no meu guarda-roupa.

Caso a roupa esteja cara ou coisa do tipo, opto por peças parecidas.

Dá super certo, ainda mais que eu gosto muito das revistas de moda japonesa, e aqui é IMPOSSIVEL achar das mesmas marcas... aí o jeito é fugir para os "genéricos"... rsrs

Bjos!
Amo seu blog!
^~

Claudia Pimenta disse...

oi ana helena! nada como pensar antes de comprar... belas dicas! bjs, querida!!!

alexandra disse...

Adorei, sou super fã dela!!!